A Prefeitura de Piracicaba realizou dia 17 de Agosto a cerimônia de inauguração e denominação da Emei (Escola Municipal de Educação Infantil) Professor Almir de Souza Maia, no Residencial Ipês.

Professor Almir de Souza Maia era Membro do IHGP 

Dar à escola o nome do professor Almir de Souza Maia foi uma iniciativa do vereador Pedro Cruz. O projeto foi aprovado na Câmara de vereadores em junho de 2016.  O agora patrono da escola nasceu em Pirapetinga, em Minas Gerais, no dia 15 de setembro de 1945. Graduou-se em odontologia pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Entre 1965 e 1978, atuou como funcionário do Governo de Minas Gerais, exercendo atividades na Secretaria de Estado da Agricultura e na Secretaria de Estado de Saúde. Em 1978, assumiu a função de diretor do Centro de Ciências Biológicas e Profissões da Saúde da Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba). Na universidade piracicabana, ocupou os cargos de vice-diretor e diretor-geral do Instituto Educacional Piracicabano da Igreja Metodista (IEP). Paralelamente, de 1979 a 1986, desempenhou a função de vice-reitor da Unimep. Em 1986, assumiu o cargo de reitor da Universidade, no qual permaneceu por 16 anos. Produziu centenas de trabalhos, artigos e textos e teve extensa participação em instituições educacionais e organizações do país e do exterior. Criou o Centro de Documentação e Pesquisa (CDP), em Piracicaba, que reúne extenso acervo documental e bibliográfico e oferece o material para trabalhos e pesquisas nas áreas educacionais e históricas. Ao longo de sua trajetória, Almir Maia recebeu várias homenagens. Dentre elas, em 1994, foi reconhecido pelo Legislativo Municipal como Cidadão Piracicabano. Em 2005, recebeu o troféu Raça Negra Zumbi dos Palmares, da AFROBRAS, por sua atuação na causa da inserção dos afrodescendentes na Universidade brasileira e colaboração com a fundação da Faculdade Zumbi dos Palmares. Em 2014, recebeu o prêmio Ken Yamada para Lideranças Notáveis, simbolizado na Chama da Excelência, da Associação Internacional de Escolas, Faculdades e Universidades Metodistas (IAMSCU). Esse prêmio foi entregue no mês de maio daquele ano, no contexto da Conferência Mundial da Educação Metodista, na Hiroshima Jogakuin University, em Hiroshima, Japão. Maia foi o primeiro latino-americano a ser distinguido por essa homenagem. Maia era casado com Susana Fernandes Ribeiro Maia, com quem teve quatro filhos – André, Samuel, Filipe e Tiago, além de noras e netos(as). Faleceu aos 69 anos, em Piracicaba, na manhã de 27 de maio de 2015.

Fonte: http://educacao.piracicaba.sp.gov.br/prefeitura-realiza-cerimonia-de-inauguracao-e-denominacao-da-em-prof-almir-de-souza-maia/