IHGP Premia Crianças

Foto: Del Rodrigues

O Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba (IHGP) entregou premiação a 62 crianças atendidas pelo Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) que tiveram redações e desenhos escolhidos no concurso desenvolvido pela instituição para comemorar os 250 anos de Piracicaba. A entrega do diploma, medalha e de exemplares dos livros do autor Thales Castanho de Andrade, foi feita ontem, no Instituto Beatriz Algodoal (IBA).

“A ideia foi que eles participassem das festividades do aniversário da cidade. Os adolescentes escreveram redações e as crianças fizeram desenhos. Ambos seguiram o tema Piracicaba que eu adoro tanto”, disse Valdiza Capranico, presidente do IHGP.

A proposta inicial da entidade era elaborar um livro, mas por conta da crise financeira, a opção foi realizar um evento para a premiação e que as crianças se sentissem valorizadas pelo excelente trabalho realizado.

Elas também tiveram a oportunidade de conhecer o IBA, que ajudou o IHGP na escolha dos desenhos. “Convidados os artistas Sara Pinotti, Fábio Rontani e Vinícius Martani para ajudar na seleção”, disse Nilce Moreira, presidente do IBA.

Trabalharam na escolha da redação os educadores Benedito Galvão, Vera Lúcia Soares, Valdizete Maria Capranico e Aracy Duarte Ferrari. “Foram avaliados mais de 100 trabalhos”, afirmou Valdiza.

Participaram do projeto 950 crianças atendidas por todos os Cases. Foram premiadas 62 que pertencem às unidades do Parque Orlanda, Algodoal, Jaraguá, Sabiás, Itapuã e Jardim Oriente. “Trabalhamos o tema do concurso nas rodas de conversa e incentivamos o trabalho com as referências que eles têm da cidade, principalmente os pontos turísticos”, disse Ana Paula Fernandes Boni, coordenadora geral do Case.

A secretária de Desenvolvimento Social, Eliete Nunes, e a vereadora Adriana Nunes, a coronel Adriana (PPS), participaram da entrega dos prêmios.

As estudantes Tatieli Dias da Rocha, 14 anos, Maria Heloisa Esteves, 13 anos, e Ana Júlia Esteves, 12 anos, disseram que escreveram as redações de acordo com o que tinham de lembrança e de sentimento em seus corações. Elas escreveram sobre pontos turísticos, Rua do Porto e rio Piracicaba, respectivamente.

Entre as crianças, os desenhos abordaram o XV de Piracicaba, o rio, o peixe na entrada da cidade, entre outros. “São locais que a gente vê e gosta”, disseram Julia Ketlen Longo Santini, 10 anos, Vitor Isaias Ribeiro, 10 anos, Rafael Barbosa Furtado, 9 anos, Daniele Aparecida de Souza Fernandes, 8 anos e Jeferson Nascimento Camargo, 11 anos.

Fonte: Gazeta de Piracicaba