IHGP realiza Sessão Magna no próximo sábado (21/08), às 10 horas
O evento marca o ingresso de novos associados e entrega de Medalha Prudente de Moraes a personalidade de destaque.

Romualdo Cruz Filho
Assessoria de Imprensa IHGP

O Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba (IHGP) realiza no próximo sábado (21/08), às 10 horas, Sessão Magna de posse de dois novos associados e entrega da Medalha Prudente de Moraes a personalidade de destaque. O evento, que será transmitido pelo canal do YouTude da instituição (https://www.youtube.com/user/IHGPiracicaba), com acesso livre a todos os interessados, integra também o calendário de atividades festivas referentes ao aniversário de 254 anos de Piracicaba e aos 54 anos de fundação do IHGP.
Na ocasião, a jornalista e editora do jornal Gazeta de Piracicaba, Angela Maria Furlan, e Marcelo Batuíra Cunha Losso Pedroso de Mello, advogado, jornalista e proprietário do Jornal de Piracicaba, passarão a integrar oficialmente o corpo de associados. Ambos têm contribuído intensamente para divulgar o nome do instituto e formalizam o compromisso de perpetuar e engrandecer o nome do IHGP. Ambos possuem respeitável bagagem cultural em defesa da história e das tradições piracicabanas, conforme atestam currículos abaixo.
Ex-presidente do IHGP, de 2014 a 2016, o engenheiro Vitor Pires Vencovsky vai compor a seleta galeria dos piracicabanos agraciados com medalha de maior significado da instituição pelos seus serviços prestados na modernização do IHGP, que alavancou o processo de disponibilização do acervo digital ao público, democratizando ainda mais o acesso aos documentos referentes à história de Piracicaba a professores, alunos, pesquisadores e demais interessados.
Durante a Sessão Magna, os ouvintes terão também a oportunidade de acompanhar palestra da professora e historiadora Marly Therezinha Germano Perecin sobre Piracicaba. Ela que é uma das fundadoras do IHGP. Será, portanto, uma grande aula sobre a origem da cidade e a incansável luta dos seus fundadores no processo de fixação da unidade social, política e econômica, que se torna, como resultado desse empenho originário, polo regional e referência mundial na agroindústria. Um projeto bem sucedido com desdobramentos grandiosos até os dias atuais.
Para o presidente do IHGP, Pedro Vicente Ometto Maurano, a Sessão Magna demonstra a vitalidade da instituição e o empenho dos seus associados, inclusive dos que estão ingressando agora, para que a preservação do patrimônio histórico de Piracicaba mantenha sua força e seu dinamismo. “Este é um momento em que todos os envolvidos nessa missão devem recompor forças nesse trabalho contínuo para que se consolide em Piracicaba este centro de preservação e pesquisa de assuntos caipiracicabanos, que tanto honra a nossa cidade”, enfatizou.
Como explica o orador do IHGP, Armando Alexandre dos Santos, o instituto é uma sociedade viva. A cada momento ela se renova. ”É a inexorável lei dos organismos vivos. A cada momento células novas dão entrada substituindo as antigas. E o ingresso de novos membros é de uma importância vital para instituições como a nossa para se dar continuidade a uma missão histórica”.
O evento contará ainda com a participação especial da Banda União Operária, que tocará na abertura o Hino Nacional, gravada durante a pandemia, com isolamento social dos músicos. O trabalho artístico ficou surpreendente. Ao longo da apresentação teremos também uma exposição de fotos sobre Piracicaba, do artista Helder Prado, associado do IHGP, que se cognomina Pescador de Imagens.

CURRÍCULOS DOS HOMENAGEADOS
ÂNGELA MARIA FURLAN nasceu em Piracicaba, formou-se em Jornalismo e História pela UNIMEP e completou diversas pós-graduações:
Rádio e Televisão – Faculdade Anhembi/Morumbi;
Máster em Jornalismo para Editor, no Instituto Internacional de Ciências Sociais da Universidade de Navarro (SP);
Pós-graduação Lato Sensu em História e Cultura – Diálogos e Fronteiras, na Unimep;
MBA em Mídias Digitais, na Escola de Negócios da Acipi.
Profissionalmente, Ângela possui uma extensa e intensa folha de serviços na imprensa da cidade. Atuou inicialmente nos jornais O Diário, Tribuna Piracicabana e A Província como editora, redatora e repórter em segmentos diversos; foi correspondente da Folha de São Paulo e da EPTV-Campinas; atuou no jornalismo da extinta Rádio Alvorada; foi diretora do Departamento de Jornalismo da Câmara de Vereadores de Piracicaba; foi Chefe de Redação e Editora Executiva do Jornal de Piracicaba ; assessora de Imprensa da Fumep – Fundação Municipal de Ensino; e, mais recentemente, editora da Gazeta de Piracicaba.
Especificamente no campo da História, Ângela realizou trabalhos de destaque:
Foi a coordenadora do caderno especial em comemoração dos 100 Anos do Jornal de Piracicaba e do suplemento especial dos 100 Anos da morte de Prudente de Moraes;
Foi idealizadora e participante da expedição “Nos caminhos do fundador” – que percorreu os rios Tietê e Piracicaba, por onde navegou Antônio Corrêa Barbosa, fundador de Piracicaba. Esse projeto foi desenvolvido no Jornal de Piracicaba e indicado para a final do prêmio Esso de Jornalismo – Categoria Regional (2002);
É autora dos livros que marcaram os 75 e 80 anos da Acipi – Associação Comercial e Industrial de Piracicaba, e atuou na coordenação e elaboração do livro O Futuro Agora, que relata os 85 anos da entidade.

MARCELO BATUÍRA CUNHA LOSSO PEDROSO DE MELLO tem extenso currículo acadêmico:
Bacharel em Direito (1993), pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), com especialização em Direito do Trabalho e Segurança Social.
Bacharel em Administração de Empresas (1994), pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo (EAESP), da Fundação Getúlio Vargas (FGV), com especialização em Administração Geral e Recursos Humanos.
Doutor em Direito do Trabalho (2003), pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), com a tese: “Irrenunciabilidade de direitos no Direito do Trabalho e Liberdade: uma abordagem econômica para uma revisão crítica”. Lecionou diversas disciplinas na área do Direito do Trabalho, como professor-assistente, na mesma faculdade do Largo de São Francisco.
Possui ainda 4 pós-graduações.
Pós-graduação em Jornalismo (2011), pela Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo (ESPM).
Pós-graduação em Fotografia (2007), pela Escola Pan-Americana de Artes de São Paulo.
Pós-graduação em Administração de Empresas (2004), pela The Anderson School of Management, da University of California – Los Angeles (UCLA).
Pós-graduação em Economia e Direito (2001), pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo (EAESP), da Fundação Getúlio Vargas (FGV).
Profissionalmente, atua como advogado e consultor jurídico especializado em escritórios de advocacia de São Paulo, e desde 1997 é Diretor responsável da empresa JORNAL DE PIRACICABA EDITORA LTDA. (de 1997 até a presente data) que edita e publica o periódico diário “Jornal de Piracicaba”, desde 1900; a Revista “Arraso”, desde 2008.
É autor de numerosos livros, artigos, ensaios, capitulos e prefácios de livros, sobre temas muito diversificados, indicativos de um leque muito grande de preocupações intelectuais – que seria impossível relacionar aqui nesta fala. Basta dizer que trata de temas jurídicos, históricos, memorialísticos, de crítica musical, de artes plásticas, de cultura em geral e inclui até mesmo libretos de óperas.
Proferiu palestras em várias partes do país e também no Exterior. Exerceu curadorias em muitas exposições artísticas e culturais da nossa cidade.
Exerceu atividades associativas, na ACIPI, na Associação de Amigos Mahle (AAM), no Conselho Municipal de Cultura, na diretoria e na presidência do Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas do Interior do Estado de São Paulo (SINDJORI-SP) etc.

VITOR PIRES VENCOVSKY é piracicabano, nascido no dia 19 de junho de 1965, filho dos professores Roland Vencovsky e Maria Olávia Pires Vencovsky.
Possui graduação em Engenharia Mecânica pela Escola de Engenharia de Piracicaba (1988), Pós-Graduação em Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (1995), mestrado (2006) e doutorado (2011) em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas e Pós-doutorado em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2016).
É professor da Faculdade de Tecnologia de Piracicaba e Faculdade Pecege e pesquisador do ESALQ-LOG, Grupo de Pesquisa e Extensão em Logística Agroindustrial.
Participa de instituições reconhecidas na cidade de Piracicaba, tais como Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba, Academia Piracicabana de Letras, Corporação Musical União Operária, Associação das Empresas de Tecnologia de Piracicaba e Região, Instituto Cecílio Elias Netto e Rotary.
No Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba, ocupou o cargo de tesoureiro, entre 2008 e 2012, e presidente, entre 2012 e 2016. Participou ativamente da implantação dos diversos serviços na Internet que disponibilizam o acervo digital do IHGP sobre a história de Piracicaba, envolvendo fotos, documentos, livros, revistas e vídeos. Coordenou o trabalho de digitalização dos livros do Cemitério da Saudade e a disponibilização dos arquivos digitais na Internet.
É revisor de revistas científicas, articulista dos jornais A Tribuna Piracicabana e Jornal de Piracicaba e autor do livro Ferrovia e Sociedade, resultado de suas pesquisas sobre as ferrovias no Brasil.

Para assistir a Sessão Magna no dia 21 de Agosto via Youtube acesse nosso canal :

https://www.youtube.com/user/IHGPiracicaba