Somos Todos Iguais foi lançado durante live realizada pelo IHGP no último sábado (24/07)

Foi lançado neste sábado (24/07), pelo Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba (IHGP), o livro Somos Todos Iguais, sobre o Cemitério da Saudade – Piracicaba-SP, escrito pelos historiadores Maurício Beraldo e Paulo Tot Pinto, ambos formados pela Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep).
O evento foi transmitido pelo canal YouTube da instituição e a obra contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal da Ação Cultural (Semac), e da empresa Abil Grupo Unidas. São mais de 100 páginas ilustradas e com muitas informações curiosas sobre o tema.


Quem quiser adquirir um exemplar poderá fazê-lo entrando em contato com o IHGP pelo email: ihgp@ihgp.org.br, pelo fone: (19) 3434-8811, pelo WhatsApp: (19) 971401872 ou ainda retirar na sede do IHGP, na rua Professor José Martins de Toledo, 109 – Jaraguá, das 9h às 13 horas, e no Museu Histórico e Pedagógico Prudente de Moraes. A distribuição é gratuita. Em caso de haver a necessidade de enviar pelos Correios, o custo de despacho será por conta do solicitante.

Participaram da live de lançamento o presidente do IHGP, Pedro Vicente Ometto Maurano, o vice-presidente Edson Rontani Junior, a primeira-secretária e ex-presidente da instituição, Valdiza Maria Capranico, o tesoureiro Otávio Machado Menten, entre outros membros da instituição. O secretário de Ação Cultural (Semac), Adolpho Queiroz, representou o governo municipal. A live esteve aberta a todos os interessados.

Pedro Maurano destacou o momento histórico em que as atividades presenciais estão prejudicadas, em decorrência da pandemia do coronavírus, e observou o fato de o Cemitério da Saudade ser um local importante para a cidade, sobre o qual o livro traz muita luz. “Além de ser uma referência cultural que merece muito respeito e consideração”, disse.


Os escritores destacaram o processo para a concepção da obra, que começou a ser pensada em 2016, com posterior aprovação do IHGP, em 2018, tendo também seu lançamento sido prejudicado no ano passado em decorrência do acirramento da pandemia. “Podemos agora fazer este lançamento online”, observou Maurício.
Ambos fizeram breves comentários sobre a história dos cemitérios de Piracicaba, o processo de organização dos locais e protocolos para o sepultamento, os aspectos arquitetônicos do cemitério da Saudade e das pessoas famosas e anônimas que estão lá sepultadas. Tudo visando a ampliação da cultura cemiterial, para que o Cemitério da Saudade se torne de fato um ponto de visitação pública. Destacaram ainda a necessidade de um olhar atento do poder público para a preservação do patrimônio.

Confira aqui a Live gravada no link do Canal do Youtube do IHGP, clique aqui